Câncer de mama em homens

Pouco se ouve falar no câncer de mama masculino e algumas pessoas até desconhecem a sua existência. Ele é um tumor maligno que se inicia nas células do tecido mamário. Sendo assim, pode se desenvolver em ambos os sexos. 

Os homens não realizam o exame da mamografia, que identifica se a pessoa possui ou não a doença. Ele é confirmado após a realização de exames e biópsias no paciente, que vem a procurar ajuda médica ao se queixar de alguns sintomas, como: 

●    protuberância ou inchaço 
●    pele ondulada ou enrugada
●    retração do mamilo
●    vermelhidão e inchaço nos linfonodos axilares

Essas alterações nem sempre são causadas pelo câncer. Por exemplo, a maioria dos nódulos de mama em homens é causada pelo aumento do volume das mamas, chamada de ginecomastia. Portanto, se você notar qualquer alteração, consulte imediatamente um médico para poder realizar o diagnóstico.

Antes de tudo, o paciente passará por uma entrevista para analisar o histórico clínico e familiar completo, além de possíveis fatores de risco. Se os sintomas e os sinais indicarem que o paciente possa ter a doença, será confirmado após os resultados dos exames.

Os principais tipos de tratamento são a cirurgia, radioterapia, quimioterapia, hormonioterapia e a terapia alvo, e são realizados tendo como base a experiência dos médicos com os casos femininos. Como nos homens quase não é diagnosticado, isso impede de ter um estudo mais amplo e detalhado. 

Tratamento Local x Tratamento Sistêmico

Terapia Local: O tumor é tratado localmente, sem afetar o resto do corpo, como a cirurgia e a radioterapia. 

Terapia Sistêmica: São utilizados medicações que podem ser administradas, por via oral ou via venosa para atingir as células cancerígenas em qualquer parte do corpo. A quimioterapia, hormonioterapia e a terapia alvo são terapias sistêmicas.

Tratamento Adjuvante x Tratamento Neoadjuvante

Tratamento Adjuvante: Consiste em administrar quimioterapia, hormonioterapia ou radioterapia, após a cirurgia, para destruir as células cancerígenas remanescentes. 

Tratamento Neoadjuvante: A quimioterapia é que antecede uma cirurgia. Muitas vezes, os tumores estão alojados no local primário, porém são grandes ou invadem estruturas vizinhas e dificultam a cirurgia, por isso esse tratamento é indicado para diminuir o tumor e facilitar a cirurgia.