Marcador tumoral

Os marcadores tumorais são substâncias que podem ser encontradas no corpo, normalmente no sangue ou na urina, quando o câncer está presente. Eles podem ser utilizados junto com outros exames para ajudar a diagnosticar o tipo de câncer e monitorar o tratamento, em alguns casos. Em sua maioria, são proteínas ou pedaços de proteínas, incluindo antígenos de superfície celular, proteínas citoplasmáticas, enzimas e hormônios.

Existem vários marcadores tumorais. Alguns estão ligados a um único tipo de câncer, enquanto que outros podem ser encontrados em vários. Para verificar a presença de um marcador tumoral, uma amostra de sangue ou urina do paciente é enviada para análise em um laboratório de patologia. Às vezes é enviada uma amostra do próprio tumor.

Raramente eles são suficientes para identificar a existência de um câncer. Doenças benignas podem, às vezes, aumentar o nível de determinados marcadores. Por outro lado, nem todas as pessoas com câncer poderão ter os níveis aumentados. Quando um médico avalia o resultado de um marcador, ele leva em consideração o histórico do paciente, exame físico assim como exames de laboratório e de imagem.

Infelizmente, poucos marcadores tumorais podem detectar o câncer em estágio inicial. Quase todas as pessoas tem uma pequena quantidade desses marcadores no sangue, por isso é muito difícil detectar cânceres usando esses exames, sendo que os níveis destes marcadores tendem a aumentar quando há doença avançada. Alguns pacientes diagnosticados nunca apresentaram níveis elevados de marcadores tumorais. Mesmo quando os níveis destes marcadores são altos, isso nem sempre significa presença de câncer. Por exemplo, o nível do marcador tumoral CA 125 pode estar elevado em mulheres com outras condições ginecológicas além do câncer de ovário.