O que perguntar para o oncologista

A consulta com o oncologista pode ser um momento de grande tensão, mas é importante destacar sempre a importância deste momento para a saúde e tratamento da paciente com câncer de mama.

Anotar suas dúvidas e levar para a consulta é uma estratégia para não deixar nenhuma pergunta sem resposta e não tem vergonha alguma nisso. Seu médico é a melhor pessoa para responder todas as suas dúvidas O  oncologista é o profissional que vai esclarecer dúvidas técnicas e específicas sobre a doença após receber o diagnóstico do câncer, protocolos, drogas disponíveis, interpretação de exames, dores, absolutamente tudo relacionado ao tratamento do seu câncer deve passar pelo oncologista. Não tenha vergonha de perguntar e tirar dúvidas. Não tenha vergonha de desconhecer os termos técnicos. Pergunte quantas vezes for necessário para entender a sua doença e as melhores opções de tratamento disponíveis para o seu caso. 

Separamos algumas perguntas que podem te ajudar a dialogar com seu oncologista: 

- Que tipo câncer de mama eu tenho?

- O que é imunoestoquímica? 

- O laudo do patologista possui todas as informações necessárias para definir o melhor protocolo de tratamento? 

- Em que parte do corpo a doença se localiza?

- Qual a extensão do tumor?

- O que é receptor hormonal?

- Por que preciso fazer exames de sangue antes da quimioterapia?

- Qual o nome da medicação que tomarei? É extremamente importante saber que protocolo seu oncologista vai usar e com qual droga ele vai realizar o seu tratamento. Ainda que sejam nomes bem complicados, é sua responsabilidade conhecer as tecnologias disponíveis e conversar com seu médico as melhores possibilidades para o seu tipo de tumor. 

- Que protocolos de tratamento estão disponíveis para o meu tipo de câncer? 

- Qual o melhor tratamento e por que? 

- Posso tomar sol durante a quimioterapia? Por que?