Voltar para listagem
Autor(a):

Data do Post
07/11/2017
/Notícias

Teste genético promete maior precisão no diagnóstico

 

Uma nova metodologia de análise genética promete levar às pacientes com câncer de mama um diagnóstico personalizado capaz de indicar qual o tratamento mais eficaz, com menos efeitos colaterais.

O trabalho está sendo desenvolvido pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), que já planeja até a criação de uma startup para levar a novidade ao mercado, dentro de até dois anos.

A principal diferença do teste criado pela Fiocruz é que, em vez de focar nos genes que compõem o DNA, ela avalia o RNA mensageiro, para saber como esses genes estão se expressando na prática. Isso permite identificar que alterações estão de fato presentes no tumor. Essa análise envolve não só a avaliação do tecido tumoral (obtido por meio de biópsia ou durante a cirurgia), mas também do tecido saudável da paciente. Assim, é possível saber que alterações são específicas do tecido tumoral. 

Leia mais em: https://glo.bo/2hl3Syv