Voltar para listagem
Autor(a):

Data do Post
04/02/2018
/Eventos

Dia Mundial de luta contra o câncer

No Dia Mundial do Câncer, os líderes contra o câncer exigem acesso igualitário para reduzir em 25% as mortes prematuras causadas pelo câncer  

 No domingo, 4 de fevereiro, o Dia Mundial do Câncer conscientiza sobre as milhões de pessoas em todo o mundo que enfrentam acesso desigual à detecção, ao tratamento e aos serviços de cuidados para o câncer. Com os líderes contra o câncer, profissionais de saúde e apoiadores em todo o mundo pressionando por ações urgentes para reduzir a taxa de mortes prematuras causadas pelo câncer globalmente, o dia exige que o acesso ao diagnóstico e ao tratamento seja priorizado.  

O objetivo global de uma redução de 25% nas mortes prematuras causadas pelo câncer e por doenças não transmissíveis* (DNTs) até 2025 é possível. No entanto, para cumprir esse compromisso global, deve-se abordar as desigualdades atuais na exposição aos fatores de risco e no acesso à triagem, à detecção precoce e ao tratamento e cuidados oportunos e adequados.

Professor Sanchia Aranda, Presidente da UICC e CEO do Conselho de Câncer da Austrália:

“Definido em 2011, o objetivo da Organização Mundial da Saúde de reduzir as mortes prematuras por DNTs em 25% em 14 anos está chegando ao meio do caminho. Podemos atingir a meta, mas será necessária mais ação do que nunca. A desigualdade no acesso à prevenção, ao diagnóstico, ao tratamento e atendimento dificulta a redução das mortes prematuras por câncer. Se estamos empenhados em atingir esse objetivo, devemos agir de maneira rápida e decisiva para tornar o acesso aos serviços contra o câncer mais igualitários em todo o mundo.” 

Leia o release completo aqui: http://www.worldcancerday.org/wcd2018-global-press-release-brazilian-portuguese