Voltar para listagem
Autor(a):

Data do Post
07/06/2018
/Papo médico

Novas terapias para tratamento de tumores HER2

Estudos apresentados na ASCO buscam novas terapias para tratar de tumores HER-2 Positivo. Esse tipo de tumor está associado a proteína HER-2 que promove o crescimento das células, no caso do câncer de mama, das células mamárias.

Memorial Sloan Kettering Cancer Center 

Bob T. Li, MD, MPH, do Centro de Câncer Memorial Sloan Kettering, discutiu os resultados da droga recentemente aprovada, ado-trastuzumab emtansine, em um estudo multicêntrico envolvendo pacientes com cânceres amplificados com HER2 ou com mutação em HER2.

Segundo o Dr. Li, a “adotrastuzumabe emtansina demonstrou eficácia clínica contra o câncer de pulmão amplificado, glândulas endometriais, glândulas salivares e outros cânceres amplificados com HER2”.

Foi observado que o grau de amplificação de HER2 está correlacionado com a resposta ao tratamento, mas nem todos os cânceres amplificados com HER2 responderam de mesma forma. 

MD Anderson Cancer Center

Também foi apresentado outro estudo que foca em novas drogas para os tumores HER2. Funda Meric-Bernstam, MD, da Universidade do Texas, MD Anderson Cancer Center, apresentou uma análise sobre o agente ZW25, um anticorpo para a HER2. 

Esse estudo foi dividido em duas partes. A primeira para definir a dosagem ideal para o tratamento. Já a segunda, que está em andamento, busca definir a eficácia e segurança da utilização desse agente.

Aichi Cancer Center

O Dr. Hiroji Iwata, do Aichi Cancer Center, do Japão, apresentou dados sobre a eficácia e segurança, ao longo prazo, do trastuzumabe deruxtecan, um conjugado droga/anticorpo que tem como objetivo tratar tumores HER2.

Esse tratamento está em testes e, segundo os pesquisadores, tem demonstrado uma atividade de combate ao tumor de uma forma promissora, em pacientes de câncer de mama e gástrico que passaram por outros tratamentos para HER2 Positivo. 

 

Fonte: ASCO