Voltar para listagem
Autor(a):

Data do Post
29/06/2018
/Eventos

FLAB 2018

Aconteceu em Brasília, do dia 26 ao 28 de Junho a FLAB 2018, 9o Fórum Latino Americano sobre Biossimilares. A Fundação Laço Rosa esteve presente para acompanhar o desenvolvimento do debate sobre o tema.

O evento promoveu mesas redondas para levantar questões a serem discutidas em relação aos medicamentos biossimilares.

O primeiro dia foi voltado para pacientes, representantes e jornalistas, em um curso pré fórum, para esclarecer o que são esses medicamentos e suas diferenças.

Medicamento Biológico: aquele produzido a partir de organismos vivos e com efeito terapêutico.

Medicamento Genérico: idêntico ao remédio original e sintético.

Medicamento Biossimilar: é aquele produzido com organismos vivos, quando acaba o período de exclusividade da patente do remédio original. Não é idêntico ao original.

Debate na FLAB 2018

Por não ser idêntico ao original, para trocar o medicamento biológico pelo seu biossimilar, é preciso avaliar cada caso. Isso significa que a equipe médica deve avaliar cada paciente de maneira única para definir o tipo de tratamento.

Segundo a ANVISA, cabe ao médico decidir sobre a troca para um biossimilar. É fundamental que se avalie a eficácia e segurança do medicamento para o paciente.

Em países que estão mais à frente em relação a aplicabilidade dos biossimilares, também não há um consenso ou regulamentação. Cada um deles adequa a utilização dos medicamentos a sua realidade. No entanto, é preciso que a decisão da equipe médica seja baseada em dados comprovados cientificamente, e não em opiniões ou práticas comuns.

Fundação Laço Rosa na FLAB 2018