Voltar para listagem
Autor(a):

Data do Post
29/05/2019
/Papo médico

PNP Andaraí é publicado na ASCO 2019

Abstract do PNP publicado na ASCO

 

Durante o ano de 2018, o piloto do Programa de Navegação de Pacientes (PNP) aconteceu na comunidade do Andaraí, no Rio de Janeiro. O programa é uma iniciativa da Dra. Sandra Gioia em cooperaçao com a Fundação Laço Rosa e patrocínio do Instituto Avon.

Através do PNP foi possível levantar dados sobre o cenário da doença, levando em consideração o contexto sociocultural. Essas informações foram compiladas em um artigo, cujo abstract foi publicado pela American Society of Clinical Oncology (ASCO), uma das instituições mais relevantes da Oncologia Clínica.

O que é o PNP?

O Programa de Navegação de Pacientes é uma estratégia de política de saúde que elimina barreiras de acesso ao diagnóstico e tratamento no tempo adequado, ampliando as chances reais de detecção precoce no caso do câncer de mama.

O objetivo é facilitar o acesso à saúde pública através da figura do navegador, que acompanha as pacientes pelo sistema público de saúde.

Para saber mais sobre o programa, clique aqui.

 

Dados levantados

Método

De março a setembro de 2018 foram feitos os cadastros de mulheres na comunidade do Andaraí, município do RJ. O acompanhamento dessas mulheres foi realizado por telefone, e-mail e mensagens de texto.

Das 678 mulheres, com idade média de 58 anos, 12% se recusaram a participar do programa por motivos culturais.

 

Resultados

As 599 mulheres que participaram do programa reportaram barreiras para o rastreamento do câncer.

As principais barreiras citadas foram:

- dificuldades financeiras (64%);

- problemas de comunicação com a equipe médica (58%);

- medo (44%);

- falta de apoio social (14%).

Todas as mulheres que passaram pelo programa se sentiram satisfeitas e foi excedida a meta de mamografias realizadas (88%).

 

Conclusão

O PNP, para câncer de mama, na Comunidade Andaraí, tem se mostrado viável no contexto da saúde pública local. O PNP promoveu um aumento na taxa de cobertura mamográfica para 88%, auxiliou na transmissão de informações de qualidade, reduziu o medo da mamografia e facilitou o acesso aos cuidados de saúde da mama.

Você gostaria que PNP atuasse na sua comunidade? Deixe aqui a sua opinião!