Voltar para listagem
Autor(a):

Laço Rosa

Laço Rosa

Data do Post
22/05/2020
/

Entenda a biopsia mamária e sua importância no tratamento do câncer

Talvez você já saiba da importância da mamografia para a prevenção e detecção do câncer de mama. No entanto, esse exame sozinho não consegue ser conclusivo no diagnóstico, por isso, é necessária a realização da biópsia mamária. Trata-se de um procedimento simples, que pode ser feito de maneira cirúrgica ou não, tudo depende de cada caso.

Neste post, vamos explicar em detalhes o que é a biópsia mamária, quais as técnicas mais utilizadas e por que sua realização é tão importante para o diagnóstico e tratamento do câncer de mama. Acompanhe!

O que é biópsia mamária?

É um procedimento que retira uma amostra de tecido ou células que apresente alguma lesão suspeita do câncer de mama, para que seja avaliada em laboratório de patologia clínica. Geralmente, a retirada dessa amostra não exige internação.

Por meio da biópsia, o médico pode identificar se a lesão é benigna ou maligna. Caso seja maligna, ele consegue saber ainda as características desse tumor, como tamanho, tipo e também sua agressividade, determinando seu grau (1, 2 ou 3).

Quais os tipos de biópsia?

As técnicas de biópsias mamárias mais utilizadas para fazer o diagnóstico são:

A escolha do tipo de biópsia é feita pelo médico, que considera a localização e tamanho da lesão, além das preferências da paciente e de suas condições de saúde.

Por que ela é importante no diagnóstico do câncer de mama?

A biópsia mamária vai identificar as características da lesão encontrada no exame de imagem, como a mamografia ou ultrassom. Caso o diagnóstico seja positivo para o câncer de mama, o procedimento é importante, pois identifica as características do tumor, guiando o médico sobre a conduta de tratamento que deve ser adotada.

Quais os riscos do procedimento?

É um procedimento seguro, especialmente os métodos não cirúrgicos, com baixo risco de complicações. O que pode ocorrer após a sua realização é o aparecimento de hematomas e edemas na região examinada.

O câncer de mama é um dos tipos mais comuns que acometem as mulheres, por isso, a prevenção deve vir em primeiro lugar. Em caso de necessidade da realização da biópsia mamária, a paciente deve ter em mente a importância desse procedimento, que vai garantir um diagnóstico mais preciso e o melhor tratamento.

Agora que você já conferiu as informações sobre esse procedimento, compartilhe este post para que mais mulheres conheçam as formas de realizar a biópsia nas mamas!