Voltar para listagem
Autor(a):

Data do Post
19/10/2018
/Papo médico

Você sabe como funciona a quimioterapia?

 

Bolsa de quimioterapia

Você conhece as fases da quimioterapia? Pois bem, é importante saber como elas funcionam para ficar mais tranquilo em relação ao que está por vir. Além disso, é essencial sanar as dúvidas sobre o que realmente é verdade e não dar atenção a quem não sabe como o procedimento funciona e traz informações erradas.

Neste post, você vai encontrar esclarecimentos sobre as fases da quimioterapia, compreender quais são os efeitos colaterais do procedimento e perceber qual é sua importância no tratamento contra o câncer. Continue a leitura e confira!

 

Qual é a importância da quimioterapia?

A quimioterapia tem como principal objetivo combater as células responsáveis pela formação dos tumores cancerígenos. Trata-se de um tratamento essencial, pois cada medicamento aplicado no procedimento age em diferentes etapas do crescimento do tumor e impede que ele se espalhe para outros órgãos (metástase).

Em alguns casos, a terapêutica quimioterápica pode ser associada a outros tratamentos, como cirurgia e radioterapia. Há situações, entretanto, em que ela pode ser o único procedimento prescrito e adotado para o combate à doença.

 

Quais são as fases da quimioterapia?

A quimioterapia é composta por diferentes etapas. Acompanhe, a seguir, quais são as principais delas!

Quimioterapia adjuvante

Essa fase é administrada após a realização da cirurgia. Seu principal objetivo é eliminar as células cancerígenas remanescentes e, com isso, aumentar as chances de cura do paciente. É válido ressaltar que a quimioterapia adjuvante ajuda a reduzir o risco de reaparecimento da doença.

Quimioterapia neoadjuvante

A quimioterapia neoadjuvante tem como objetivo diminuir o tamanho do tumor para facilitar sua retirada na cirurgia. Por esse motivo, é administrada antes da operação e ocorre, principalmente, quando é preciso tratar tumores avançados localmente. Ela permite, ainda, verificar como o câncer responde ao tratamento.

Quimioterapia para doença metastática

Essa etapa da quimioterapia destina-se a pacientes que já sofrem com a metástase. Ou seja, é utilizada quando a doença já atingiu outras áreas do corpo.

 

Quais são os efeitos colaterais?

Embora a quimioterapia tenha como objetivo destruir as células cancerígenas em desenvolvimento, infelizmente, ela também afeta as que estão saudáveis. Entre elas, estão as células responsáveis pela ação no sistema digestivo, no sangue e aquelas que fazem que o cabelo cresça. Seus efeitos colaterais incluem feridas na boca, dores, náuseas, vômito e queda de cabelo.

No entanto, o desenvolvimento desses efeitos depende da quantidade de quimioterápicos administrados e, claro, de como o corpo reage a eles. Sua duração varia de acordo com o tipo de quimioterapia e, por isso, é sempre importante conversar com o médico para ser orientado sobre o que fazer quando eles aparecerem.

Conhecer as fases da quimioterapia é fundamental para se preparar para superar esse momento delicado. O apoio da família e dos amigos é muito importante para aliviar a pressão e o medo sobre os próximos procedimentos.

Gostou deste post? Então siga-nos nas redes sociais para ter acesso a mais conteúdos relevantes como este! Estamos no Facebook, no Instagram, no YouTube, no Twitter e no LinkedIn.