Voltar para listagem
Autor(a):

Laço Rosa

Laço Rosa

Data do Post
15/08/2017
/

Hereditariedade não é o principal fator de risco para câncer de mama

A probabilidade é que 1 a cada 8 mulheres desenvolvam o câncer de mama ao longo de suas vidas. 

Entre os fatores de risco, estão associados: idade, má alimentação, sedentarismo, raça, históriaa pessoais e históricos familiares. Entretanto, a genética não é o principal deles. 

A genética quando relacionada ao câncer, principalmente o de mama, é algo que assusta e amedronta pela possibilidade do indivíduo ser acometido pela doença. 

A Sociedade Brasileira de Mastologia, esclareceu que pensar na hereditariedade como principal fator de risco, é mito. Em estudo, apenas 5% a 10% dos casos de câncer de mama estão relacionados a genética familiar. Na maioria dos casos, os tumores surgem por outros fatores, os chamados tumores esporáticos. 

Mesmo não sendo o fator principal, existem testes genéticos que podem ser realizados em mulheres com alto risco de mutações associadas ao câncer de mama. 

 

Fonte: http://bit.ly/2wIaD0a