Voltar para listagem
Autor(a):

Laço Rosa

Laço Rosa

Data do Post
21/07/2017
/

Mamógrafos Móveis estão parados no RJ

Na última quinta-feira (20), foi ao ar na TV, uma matéria sobre a situação dos  mamógrafos móveis que percorriam o estado realizando atendimento à população. 

Dra. Sandra Gioia, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) e membro do conselho científico da Fundação Laço Rosa, relatou em entrevista, que atualmente, no Rio de Janeiro, estão disponíveis 500 mamógrafos em todo o estado, sendo 200 para saúde pública. Esse número seria mais que o suficiente para atender toda a população.

Hoje, a taxa de cobertura no estado é de 14%, e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o ideal seria de pelo menos 70%.
De acordo com esse cenário, as justificativas para falta de atendimento poderiam ser: faltade procura por medo, falta de encaminhamento médico, equipamentos parados e/ou quebrados e má distribuição de equipamentos.

Desde novembro do ano passado, a Fundação Laço Rosa insiste na agenda do Secretário Estadual de Saúde, Sr. Luiz Antônio Teixeira, na intenção de colaborar para redução de taxas de mortalidade por câncer de mama. 
Apesar da promessa do Sr. Secretário na 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres, onde foi prometida a ampliação de atendimento mamográfico, nenhuma data ou horário foram disponibilizados para receber a Laço Rosa até o momento. 

Confira a matéria completa: http://bit.ly/2uieIJ6