Voltar para listagem
Autor(a):

Fundação Laço Rosa

Fundação Laço Rosa

Data do Post
28/12/2022
/

Conheça as características de um bom voluntário!

Se você deseja se tornar voluntário em alguma causa, precisa saber que “querer ajudar” é apenas uma das características de um bom voluntário. Existem muitas outras que são importantes nessa tarefa, que requer muito comprometimento.

Então, continue lendo e veja quais são as principais características de um voluntário que realmente faz a diferença na vida de uma pessoa ou comunidade. Confira!

Comunicação

Se você se tornou voluntário em uma causa, deve estar ansioso para começar a ajudar. Contudo, é fundamental que, antes de pôr a mão na massa, você se comunique com os responsáveis.

Esclareça todas as suas dúvidas e descubra quais são as suas obrigações, quais são os horários de trabalho e com quem trabalhará, entre outras questões. Esse diálogo inicial facilita a sua vida e a de todos os envolvidos.

Comprometimento

Ser pontual e executar o que foi solicitado são características de pessoas que levam o trabalho a sério — ou seja, que são comprometidas. Dessa forma, se você se propôs a trabalhar como voluntário de uma causa, saiba que as pessoas contam com a sua ajuda.

Para ser um voluntário comprometido, entenda mais sobre o projeto e o que será solicitado a você, e só se comprometa se acreditar que vai dar conta de cumprir com a sua promessa. Se surgirem imprevistos, comunique a sua ausência.

Iniciativa

Fazer o que foi delegado é fundamental, mas ser capaz de enxergar o que está além das suas tarefas é algo difícil de encontrar nas pessoas. Porém, apenas perceber o que falta não é o suficiente: é necessário ser proativo e ter iniciativa para colocar as suas ideias em prática.

Essa característica é capaz de garantir maior eficiência em todas as atividades do voluntariado. Então, fique atento a tudo e não espere alguém mandar para tomar uma atitude que ajudará o trabalho de todos.

Trabalho em equipe

Você é uma pessoa que gosta de trabalhar em equipe ou acha que precisa aprender a ser uma pessoa mais colaborativa? É importante conhecer essa resposta, porque a maioria dos projetos sociais não será realizado por apenas uma pessoa.

A coletividade é uma característica do trabalho voluntário. Para isso, é fundamental ser uma pessoa disciplinada e humilde para entender e aceitar as diversas formas de pensar e agir.

Por fim, tenha em mente que a união de todos faz muita diferença.

Empatia

Ser uma pessoa empática é uma das principais características de um bom voluntário. Essa é a capacidade de se colocar no lugar do outro, tanto daquele que receberá ajuda, quanto de quem é voluntário como você — com suas dificuldades, anseios e necessidades.

Motivação

Quando você decide ser voluntário, significa que quer ajudar outras pessoas. Entretanto, é comum que a motivação diminua com o tempo.

Para evitar que isso aconteça, encontre formas de se manter sempre motivado em ajudar, como ver os resultados obtidos. Além disso, tenha em mente que você poderá encontrar dificuldades, mas que bons voluntários são pessoas persistentes e que não desistem nos primeiros obstáculos.

Após a leitura deste post, esperamos que você reconheça em si mesmo as características de um bom voluntário. Mas, se acredita que não conta com algumas delas, saiba que é possível treinar tais habilidades.

Se você gostou deste material, curta nossa página no Facebook para receber em seu feed de notícias todas as nossas novidades!