Voltar para listagem
Autor(a):

Laço Rosa

Laço Rosa

Data do Post
08/04/2020
/

Empreendedorismo e câncer de mama: é possível dar a volta por cima

Já parou para pensar como empreendedorismo e câncer de mama podem se correlacionar? Essa doença ainda é vista como uma grande adversidade, porém, com os avanços científicos e tecnológicos, o diagnóstico precoce reflete em grandes chances de recuperação.

Após a identificação do câncer, a paciente precisa se dedicar a diversas questões, como o seu tratamento físico e mental. Para isso, é direito da pessoa se afastar do trabalho legalmente. No entanto, após o tratamento do câncer, há sempre o desafio de conseguir recolocação no mercado de trabalho, não é mesmo? Assim, uma maneira de solucionar esse problema é por meio do empreendedorismo.

Ficou interessado e quer saber mais sobre como empreender depois de enfrentar o câncer de mama? Então, acompanhe a leitura deste texto e saiba mais agora mesmo!

O difícil retorno ao trabalho após o câncer de mama

A reinserção no mercado de trabalho após o câncer de mama pode ser um desafio bastante complicado e doloroso. Conforme uma pesquisa feita pelo Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo), apenas 60% das mulheres retornam ao trabalho após 2 anos do diagnóstico da doença.

Isso acontece por diversos motivos, seja pelos preconceitos no ambiente de trabalho, pela falta de apoio na relação emprego e empregador, na dificuldade em conciliar tratamentos e consultas médicas com o horário do expediente do serviço etc. Uma maneira bastante eficaz de contornar essa situação é por meio do empreendedorismo. 

O empreendedorismo como solução pós câncer

Empreender tem vários significados para a vida da pessoa que empreende, como:

Com isso, pode-se observar que empreender pode ser um ótimo caminho para quem busca novos horizontes que combinem mais com o seu próprio estilo de vida atual. Assim, é preciso, antes de mais nada, criar um plano estratégico para analisar diversos fatores antes de empreender, como a área que você vai atuar, o investimento financeiro necessário para iniciar com tudo, a demanda no mercado, entre outros pontos cruciais que ajudarão no seu sucesso.

A motivação como instrumento de sucesso

Começar um negócio do zero não é uma tarefa fácil, mas com muita determinação e motivação, é possível alcançar as suas metas estipuladas. Com isso em mente, para ter bons resultados no empreendimento e se manter cada dia mais motivada, é preciso buscar capacitação profissional por meio de cursos, superar o medo de falhar, ser otimista e viver um dia de cada vez.

Com essas dicas, fica mais fácil empreender depois de enfrentar o câncer de mama, não é verdade? Contudo, tenha em mente que você não precisa passar por nada disso sozinha. Para isso, conte com o suporte das pessoas queridas que estão próximas, como os familiares, os amigos e até mesmo as Instituições que lutam por essa causa, como a fundação Laço Rosa.

Viu como o empreendedorismo e câncer de mama podem funcionar mesmo diante de todas as dificuldades? Então, que tal compartilhar este texto em suas redes sociais? Assim, mais pessoas podem ter acesso a esse tipo de informação tão útil.