Voltar para listagem
Autor(a):

Laço Rosa

Laço Rosa

Data do Post
04/05/2020
/

Estágios do câncer de mama: entenda quais são e como são detectados!

As chances de cura do câncer são muito maiores quando ele é detectado logo no início. Para saber em qual fase o tumor se encontra, o oncologista se baseia na classificação de estágios do câncer de mama, que faz referência à gravidade da doença. Para isso, leva-se em consideração o tamanho do tumor, localização, origem e se outros órgãos também foram atingidos.

Com essas informações em mãos, o médico consegue prescrever o tratamento mais adequado, visto que cada estágio requer um tipo de terapia. Para esclarecer as suas dúvidas sobre o assunto, preparamos este artigo explicando cada uma das fases do câncer de mama e de que forma são detectados. Acompanhe!

Entenda a importância da mamografia

As mulheres acima de 40 anos devem consultar regularmente um ginecologista e fazer exames clínicos, entre eles está a mamografia, que deverá ser feita todos os anos. Se houver alguma alteração suspeita, outros exames deverão ser solicitados. Os principais são:

Também é por meio desses exames que o médico consegue identificar em qual estágio o câncer se encontra e, assim, iniciar o tratamento correto.

Saiba quais são os estágios do câncer de mama

O câncer de mama pode ser categorizado em 5 estágios: de 0 a 4. Essa classificação é feita de acordo com a extensão da doença no organismo. Ou seja, observa-se o tamanho do tumor, sua locação e se atingiu ou não outros órgãos vizinhos. A seguir, conheça melhor cada um dos estágios do câncer de mama.

Estágio 0

É o primeiro estágio e geralmente as alterações celulares não formam nódulos, pois as células ainda estão contidas nos ductos. Quando o tumor está no estágio 0 é facilmente detectado na mamografia e as chances de cura chegam próximas a 100%.

Estágio 1

O tumor tem menos de 2cm, ou seja, é relativamente pequeno. Apesar de ter penetrado na região, ainda não afetou os gânglios linfáticos da axila. No entanto, a irradiação para os tecidos vizinhos já começou.

Estágio 2

Ainda é considerado em fase inicial, porém, invasivo porque já atingiu alguns linfonodos. O tamanho do nódulo varia entre 2cm e 5cm.

Estágio 3

Quando atinge esse estágio, o câncer é chamado de localmente avançado. O tumor tem mais de 5cm e já afetou vários linfonodos próximos à região e, possivelmente, também atingiu alguns músculos e áreas da pele.

Estágio 4

O câncer no estágio 4 conta com tumores de qualquer tamanho e que já comprometeram as glândulas linfáticas. Além disso, há metástase, que significa que a doença já atingiu outras partes do corpo, como pulmões, fígado ou ossos.

Veja quais são os tratamentos para o câncer de mama

O tratamento para o câncer dependerá do tipo e subtipo do tumor, além de outros fatores analisados pelo médico especialista. A medicina dispõe de vários tratamentos e somente o médico poderá indicar qual o mais indicado ou qual a combinação é a mais adequada para cada caso. Os mais comuns são:

Portanto, os exames são fundamentais para que o médico saiba qual o estágio do câncer de mama e, desse modo, prescrever a melhor combinação de terapias para cada caso. Mesmo nas fases mais avançadas, há tratamentos modernos que permitem que as pacientes tenham mais qualidade de vida.

Quer saber mais sobre o câncer de mama? Então, não deixe de seguir a página da Fundação Laço Rosa no Facebook para acompanhar todo o nosso conteúdo.