Voltar para listagem
Autor(a):

Fundação Laço Rosa

Fundação Laço Rosa

Data do Post
19/10/2022
/

Saiba agora mesmo quais são os melhores exercícios para pacientes oncológicos

Sabe-se que uma das formas mais eficientes de alcançar qualidade de vida e bem-estar é por meio da prática de atividades físicas. Para quem tem câncer, não é diferente. A condição em que a pessoa se encontra fortalece essa necessidade e, se for possível, dedicar-se a um esporte pode até contribuir favoravelmente para o tratamento e até mesmo a cura.

Se chegou aqui procurando dicas de exercícios para pacientes oncológicos, continue a leitura!

Caminhada

A caminhada é uma das atividades mais leves e com mais benefícios. Isso porque, além de se exercitar, o paciente o faz em qualquer lugar, sem gastar nada e em contato com a natureza, o que potencializa a ação dos neurotransmissores que promovem a sensação de prazer.

É ideal para quem era sedentário antes de descobrir a doença. Com o tempo, se desejar, pode evoluir para a prática de outro exercício, como a musculação — sempre levando em conta o que seu corpo suporta e, claro, o que o médico recomenda.

Ciclismo

Andar de bicicleta remete à infância, não é? Esse hábito é excelente para controlar doenças crônicas, como a diabetes e a hipertensão. Também reduz o colesterol, melhora a resistência física e protege as articulações. Em resumo, para quem tem câncer, o ciclismo é uma forma de potencializar o tratamento, combatendo outras ameaças ao organismo.

Atualmente, várias cidades brasileiras contam com ciclofaixas, espaços próprios para os ciclistas trafegarem com mais segurança. Se for o seu caso, aproveite essa vantagem e chame os amigos ou familiares para fazerem companhia!

Hidroginástica

Está procurando um esporte tranquilo, de baixo impacto? A hidroginástica é uma boa ideia. A prática dela demanda uma performance melhor do sistema respiratório, portanto, com o tempo, você vai notar que está respirando diferente, com maior controle sobre a habilidade.

Isso é muito útil principalmente para quem, além do câncer, sofre com transtorno de ansiedade. Conhecer técnicas de respiração ajuda a acalmar e a se manter no presente.

Outra oportunidade que esse esporte oferece é fazer amigos. Por ser coletivo, provavelmente você vai encontrar pessoas com quem se identifique e os laços ultrapassem a prática esportiva.

Pilates

O pilates é ideal para quem busca ter mais vitalidade, melhorar o sono e até a autoestima. Por trabalhar o corpo todo, o exercício aprimora a consciência, garantindo mais flexibilidade, principalmente para a coluna. Se estiver preocupada com excesso de peso ou esforço, fique tranquila!

Trata-se de uma das modalidades mais seguras, com menor potencial de lesões. Assim como a hidro, o pilates auxilia no funcionamento dos pulmões, já que a respiração é essencial para realização correta de cada exercício.

Um dos sintomas mais comuns do tratamento contra o câncer (e até da própria condição) é o enjoo e a fadiga. Embora haja medicamentos voltados para combater essa sensação, a prática de exercícios para pacientes oncológicos é mais recomendada pelos médicos.

Naturalmente, alguns quadros da doença proíbem que esportes sejam realizados, por isso, antes de começar, é preciso conversar com o oncologista e confirmar a possibilidade a fim de que o tratamento não seja prejudicado.

Gostou das nossas dicas? Então, compartilhe esse artigo nas redes sociais!