Voltar para listagem
Autor(a):

Laço Rosa

Laço Rosa

Data do Post
06/08/2020
/

Entenda como funciona um banco de perucas

Renovar o visual é sempre muito bom, não é mesmo? Agora imagine cortar os cabelos para ganhar um novo look e ainda fazer o bem? Pois é, você pode doar suas madeixas para um banco de perucas, dando uma força na batalha de muitas mulheres na luta contra o câncer. Afinal, perder os cabelos é um efeito colateral da quimioterapia e tem um impacto grande na autoestima da maioria das mulheres.

Então, ao ajudar projetos como esse, você oferece um grande presente para elas. E se você tem dúvidas quanto às regras para doar cabelo para um banco de perucas, este post servirá para entender como ele funciona, quais são os requisitos para a doação dos fios, além de conferir os benefícios para quem recebe as perucas e para quem doa os cabelos. Acompanhe!

Quais são as regras para doar cabelo?

Quem quiser ser solidário com a doação de cabelo precisa atender a alguns requisitos e seguir certos passos para que os fios sejam encaminhados em bom estado para os bancos de perucas. Confira quais são eles.

Tamanho dos cabelos

O ideal é que o cabelo a ser doado tenha, pelo menos, 20 cm de comprimento para que a confecção do acessório seja viável, pois, durante o processo de confecção, cerca de cinco centímetros são perdidos. Aqui, vale salientar que algumas organizações aceitam tamanhos menores (como 15 e 10 cm, por exemplo) para usar na parte da franja ou fazer perucas de cabelos curtinhos.

Por isso, antes de doar para a instituição escolhida, certifique-se do tamanho mínimo exigido pelo local. Para doar para a Laço Rosa, por exemplo, o tamanho do cabelo precisa ser de, no mínimo, vinte centímetros. Além disso, se seus cabelos forem muito longos, você pode optar por doar apenas uma longa mecha, independentemente do tamanho, ou doar várias mechas de 20 cm cada.

No primeiro caso, essa mecha longa pode ser usada para fazer uma ou várias perucas. Mas, qualquer que seja a sua escolha, saiba que ela ajudará muitas mulheres que vão receber perucas de cabelos naturais.

Estado dos fios

A primeira recomendação é deixar os cabelos limpos e completamente secos para garantir que não mofem durante o trajeto de envio ao banco escolhido. Além disso, é preciso secar os fios naturalmente, ou seja, sem o uso de secador ou chapinha. Assim, facilita a triagem que antecede a confecção das perucas.

Mas, se seu cabelo estiver tingido, alisado ou com permanente, não se preocupe. A doação pode acontecer da mesma forma!

Aqui vai uma dica preciosa: se você está deixando o cabelo crescer para doá-lo, lembre-se de dar a ele os mesmos cuidados que você dava aos fios antes de tomar essa decisão. Isso porque cabelos saudáveis geram perucas muito mais bonitas e todo o cabelo poderá ser aproveitado em seu feitio. Portanto, no dia a dia, lave as madeixas com produtos ideais para o seu tipo de cabelo e seque-os de uma forma que os fios não quebrem.

Forma de cortar

Na hora de cortar, você pode contar com a ajuda de uma amiga, de um cabeleireiro ou você mesma pode fazer isso, se tiver habilidade. Se optar pelo profissional, o que é o mais indicado, é importante informá-lo sobre a intenção de doar as mechas para que ele as corte da forma correta, respeitando as regras para doar cabelo. Assim, ele prenderá uma mecha com um elástico muito bem amarrado e cortará cerca de um ou dois centímetros acima dessa marca.

Quando receber os fios cortados, coloque-os com cuidado, e ainda amarrados, em um saco plástico limpo e seco para fazer o envio de acordo com as regras da instituição que você pretende ajudar. Você também pode colocar a mecha em papel alumínio e enrolar para, então, embalar.

Quais são os benefícios de doar cabelos para um banco de perucas?

Essa é um tipo de ação solidária que beneficia os dois lados, quem doa os cabelos e quem recebe as perucas. Saiba como a seguir.

Benefícios para quem recebe a peruca

Benefícios para quem doa os cabelos

Como funciona o banco de perucas?

Algumas instituições de apoio a pacientes com câncer desenvolvem projetos solidários, como o banco de perucas. Com a doação de fios e a ajuda de voluntários, elas confeccionam o artigo e o encaminham para as mulheres que perderam os cabelos em razão da quimioterapia, um dos principais tratamentos contra o câncer.

Trata-se de um trabalho bastante delicado, pois esse acessório deve ficar com aspecto natural. Por isso, é importante seguir as especificações para o envio dos fios. As perucas vão trazer vida nova às pacientes, que podem seguir o tratamento com mais confiança enquanto cuidam da aparência.

Alguns projetos vão além: aproveitam a etapa de confecção do acessório e dão a oportunidade de formação profissional em perucaria. Assim, criam uma fonte de renda para quem se interessa pela área e busca recolocação.

Como posso ajudar os bancos de perucas?

Ficou interessado em ajudar? Para isso, basta escolher uma instituição que desenvolva esse tipo de projeto e seguir o passo a passo, obedecendo as regras para doar cabelo corretamente. Em caso de dúvidas, entre em contato com a entidade e peça mais detalhes — para saber, por exemplo, como acontece a produção e o posterior encaminhamento para as pacientes.

Em muitos bancos de perucas, o doador faz o envio via correio mesmo, o que permite que pessoas de todo o Brasil possam contribuir. Em outros, a entrega é feita diretamente no salão de cabeleireiro. Informe-se e veja como ajudar!

O trabalho do banco de perucas é essencial para trazer de volta a autoestima de mulheres fragilizadas com o tratamento contra o câncer. No entanto, para funcionar e ser capaz de ajudar essas pacientes, a contribuição da população com a doação de cabelos é muito valiosa. Alguns bancos de perucas também aceitam doações em dinheiro, que será usado no trabalho de confecção das perucas.

Gostou do artigo sobre as regras para doar cabelo e de entender como funciona o banco de perucas? Então aproveite e deixe um comentário para contar suas experiências pessoais com a doação ou confecção de perucas e também para tirar as suas dúvidas.