Voltar para listagem
Autor(a):

Laço Rosa

Laço Rosa

Data do Post
20/09/2020
/

Como ajudar uma pessoa com depressão? Entenda!

Tratar a depressão como uma doença é uma das principais formas de ajudar em seu tratamento. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 12 milhões de brasileiros sofrem com esse transtorno, sendo o Brasil um dos países mais afetados no mundo.

A doença, que não tem cura, depende de auxílio psicológico e, eventualmente, psiquiátrico, mas, principalmente, da empatia de quem acompanha de perto. Se você se identifica com esse contexto ou deseja saber mais sobre como pode contribuir, continue a leitura e entenda como ajudar uma pessoa com depressão.

Entendendo o que é depressão

Entender o que é a doença já é uma forma de ajudar quem está passando por ela, não apenas durante o tratamento, mas na própria identificação dos sintomas para encaminhamento profissional. A depressão é uma doença psiquiátrica crônica, incapacitante, que afeta homens e mulheres, de todas as idades. Alguns de seus sinais são: alteração de peso, distúrbio de sono, ausência de energia, baixa autoestima e alteração da libido.

O diagnóstico é clínico e avalia não apenas os sintomas acima descritos, mas também a história de vida do paciente. O tratamento depende da gravidade. Para os casos mais leves, geralmente, a terapia é indicada; para os demais, o uso de antidepressivos pode ser recomendado. Lembrando que é o psiquiatra quem deve realizar a análise e indicar o melhor para a pessoa.

Mantendo contato

Enquanto depressiva, a pessoa tende a não ter mais prazer pelas atividades que tinha antes, como estar com os familiares e amigos. Essa reclusão é involuntária. Portanto, para ajudar, é imprescindível que a família se mantenha próxima e disponível. Nem sempre quem está doente vai pedir por isso, porque é comum que nem o próprio paciente entenda o que está passando. Por isso, é tão importante saber que tem apoio e empatia dos mais próximos.

Estimulando a busca por ajuda profissional

Essas é uma das principais formas de assistir alguém com depressão: incentivando que ela busque ajuda psiquiátrica. É o profissional quem vai diagnosticar e receitar o melhor tratamento, que deve começar o quanto antes. Caso a pessoa não conte com um plano de saúde, é possível se tratar por meio do SUS, nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), instituições especializadas na condução desses transtornos.

Apoie associações que lutam pela causa

Sendo uma doença com números expressivos, centenas de ONGs foram criadas para apoiar essas pessoas, de diversas formas: disponibilizando atendimento psicológico a custo social ou gratuito, apoio emocional, grupos de conversa etc. Mas, sem suporte governamental, elas dependem de ajuda (principalmente, financeira) para manter seu funcionamento. Então, realizar doações para essas instituições é uma excelente forma de beneficiar quem tem a doença.

Tão importante quanto auxiliar alguém nessa situação é lutar contra a falta de credibilidade e ignorância que rondam esse transtorno. Evite comentários desnecessários, que possam piorar o estado da pessoa ou fazê-la se sentir culpada por se sentir como sente. Não é culpa dela. Converse, escute e demonstre empatia.

Esperamos ter lhe ajudado com as dicas sobre como ajudar uma pessoa com depressão. Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários!