Voltar para listagem
Autor(a):

Laço Rosa

Laço Rosa

Data do Post
15/01/2021
/

Dia da filantropia: saiba o que é e como contribuir

Você sabe o que é o Dia da Filantropia e a importância de ações filantrópicas? No dia 20 de outubro comemora — se a data de um conjunto de ações realizadas por entidades, com o objetivo de contribuir de algum modo para uma necessidade da população, que pode ser influenciar nas políticas públicas de saúde, ajudar no empreendedorismo feminino etc.

Ações filantrópicas podem ser realizadas por pessoas jurídicas e físicas, como ocorre com personalidades famosas, como Bill Gates, a cantora Rihanna, por exemplo, que doam valores financeiros para causas sociais. Porém, é preciso deixar claro que não precisa ser milionário para se engajar nisso, qualquer valor pode ser útil, servir para ajudar alguém e causar uma mudança na sociedade.

Então, quer entender mais sobre o Dia da Filantropia e como também conseguir fazer a diferença em qualquer data do ano? Continue a leitura!

Importância do dia da filantropia

Se você acha que a filantropia é uma atividade desnecessária, já que lidar com causas sociais é dever do Estado está em parte correto: pela Constituição todos os brasileiros devem ser tratados igualmente, assim como todos têm direito a saúde, educação, alimentação, moradia etc.

Entretanto, na prática, a realidade é diferente, e a filantropia ajuda a diminuir um problema de desigualdade que poderia ser bem pior — tendo o setor da saúde como um dos mais afetados —, especialmente durante a crise do coronavírus, em que as doações, para combater os efeitos dela, cresceram bastante e ultrapassam 5 bilhões de reais.

Quando a sociedade entende a importância da filantropia e passa a apoiar mais ações como essas, junto da cobrança das responsabilidades do Estado, é possível impactar diversas causas positivamente. Por isso, o dia 20 de outubro funciona como um convite à reflexão da importância dessas ações.

Como a filantropia impacta no mundo

Como foi dito, só no Brasil o número de doações teve valores bilionários na pandemia, o que inclui auxílio para as pessoas de comunidades carentes garantirem a higienização adequada, envio de máscaras, doação de equipamentos de tecnologias e outros elementos de educação para os estudantes, cesta básica para as famílias que tiveram a renda afetada pela crise etc.

Entretanto, em comparação com outros países, mesmo o Brasil sendo popularmente conhecido pela solidariedade, ainda não temos uma cultura filantrópica consolidada, já que ficamos em 74° lugar no índice final de uma pesquisa montado pela CAF (Charities Aid Foundation, ou Fundação de Ajuda para Caridades). O primeiro lugar vai para os Estados Unidos, seguido de Myanmar e Nova Zelândia.

Assim, entender a importância do dia da filantropia, de contribuir e incentivar a causa em qualquer data do ano é enxergar a realidade desigual em que vivemos e tomar atitudes que ajudam a transformar vidas, seja de forma local, nacional e internacional, dependendo do quanto e como você possa contribuir, que pode ser não apenas financeira, mas também de modo voluntário, compartilhando campanhas etc.

Gostou do nosso post? Compartilhe nas suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem mais sobre o assunto!