Voltar para listagem
Autor(a):

Laço Rosa

Laço Rosa

Data do Post
14/04/2021
/

Afinal, doar pela internet é seguro? Saiba aqui!

As pessoas que optam pela doação on-line têm a mesma praticidade de compras virtuais: existem vários meios de pagamento, há otimização de tempo e praticidade. Porém, é comum que também surjam questionamentos sobre se doar pela internet é seguro.

Afinal de contas, como ter certeza de que um ato tão nobre, que é a doação, será mesmo destinado à causa escolhida? É possível garantir que os dados não serão roubados e destinados para ações ilegais?

Dúvidas como essas são muito comuns, principalmente no cenário antes da pandemia do coronavírus, em que uma maior parcela da população achava mais seguro fazer compras e doações presenciais.

Os questionamentos são válidos e vamos responder todos eles. Continue a leitura e descubra se doar pela internet é seguro!

Doar pela internet é seguro?

De acordo com uma pesquisa do SPC Brasil, a desconfiança da internet com compras on-line ficou no passado: o índice médio de satisfação com essa prática é de 9,3 (numa escala de 0 a 10). Porém, existem alguns critérios para serem levados em conta e aumentar a segurança. Vejamos quais são.

Conhecer mais sobre a ONG

Existem inúmeras organizações sérias e que transformam a vida de milhares de pessoas a partir de doações, especialmente de pessoas físicas. Assim, é importante se dedicar um pouco pra conhecer mais sobre a ONG para a qual almeja doar valores para conseguir deixar a desconfiança de lado.

Isso inclui analisar a riqueza de conteúdos nas imagens e textos on-line: quanto mais genéricas — muitas vezes, até retiradas de banco de imagens — e pouco trabalhadas para apresentarem as histórias, maiores indícios de que é necessário desconfiar.

Porém, como existe a possibilidade de ONGs falsas clonarem o conteúdo de outras, é importante também considerar a quantidade de doações recebidas, já que uma campanha com tantas histórias comoventes, normalmente, conta com muitos doadores. Assim, se você for uma das primeiras pessoas, desconfie mais um pouco.

Além disso, é válido comparar a quantidade de doações com o valor arrecado, já que dois ou três doadores dificilmente levam a um valor de R$ 10.000,00, por exemplo. E ainda, verificar a existência de pagamentos com segurança, com o PagSeguro.

Verifique as informações exigidas por lei

ONGs sérias apresentam com clareza informações exigidas por lei, como:

Se a página em análise não apresentar essas informações ou contar com um número de telefone para contato, pode se tratar de um site que frauda as transações on-line.

Procure pelo título da campanha no site

Assim como a internet pode tornar as compras e doações mais práticas, ela também permite averiguar a confiabilidade de campanhas, basta procurar pelo título em buscadores da internet, como o Google ou, até, o Vakinha, que apresenta um campo de busca, e identificar a veracidade da campanha.

Quando você segue essas instruções, especialmente a busca por mais informações da ONG para identificar se doar pela internet é seguro, você evita contribuir financeiramente para quadrilhas e pode, de fato, ajudar milhares de pessoas a partir da doação.

Gostou do nosso post? Nos siga nas redes sociais e continue acompanhando nossas atualizações de conteúdo. Estamos no Facebook, Instagram, Youtube e LinkedIn!