Voltar para listagem
Autor(a):

Laço Rosa

Laço Rosa

Data do Post
04/05/2022
/

Conheça ótimas séries e filmes sobre câncer!

Você é o tipo de pessoa que evita ver filmes sobre câncer e outras temáticas sensíveis por receio de ficar triste? Saiba que, para quem nunca teve contato com a doença, ver obras que a retratam é uma forma de adquirir conhecimento e exercitar-se para ter um olhar mais sensível e empático. Já para quem tem essa condição ou conhece alguém com câncer, a identificação com os personagens e a história pode ser muito reconfortante.

Essas obras midiáticas também podem trazer, para quem convive com o câncer, uma visão mais otimista sobre a situação, afinal muitas mostram pessoas se curando da doença. Além disso, atualmente as chances de cura do câncer de mama, por exemplo, são altíssimas, sobretudo se for diagnosticado em estágios iniciais e se o tratamento recomendado for seguido à risca. Isso sem mencionar outras estratégias para passar por essa fase de forma tranquila. Na lista de opções estão: terapia, meditação, aulas de arte e, bem, séries e filmes.

Assistir a essas obras pode fazer alguém perceber que não está só: existem outras pessoas passando por situações semelhantes. Mesmo que seja uma obra de ficção, sabemos que é algo que existe na realidade também, e em muitos casos a história é baseada em fatos reais. Neste artigo, você vai conhecer nossas recomendações de filmes e séries que apresentam abordagens muito interessantes sobre o câncer. Confira a seguir!

Cinco pela Cura (coletânea)

Nesta obra denominada originalmente Five, você terá não apenas um, mas cinco pequenos filmes sobre câncer de mama. São cinco curtas-metragens que abordam as histórias de cinco mulheres, interpretadas por Alicia Keys, Demi Moore, Jennifer Aniston, Patty Jenkins e Penelope Spheeris. Cada um deles trata de um estágio diferente da doença e aborda os desafios enfrentados, do diagnóstico ao tratamento.

A Culpa é das Estrelas (filme)

Nesse famoso filme com Shailene Woodley e Ansel Elgort, dois adolescentes que enfrentam o câncer se conhecem num grupo de apoio para pessoas com essa e outras enfermidades. Devido à sua condição, a garota, que tem um câncer raro e terminal de tireoide, não quer se envolver amorosamente com alguém. Mas isso muda quando ela se apaixona pelo rapaz, que sofre de fibrose cística. Então, eles embarcam para Amsterdã e vivem uma jornada inesquecível.

Why I Wore Lipstick to My Mastectomy (filme)

Conhecido também como Batom ou Lipstick, esse filme tem um título original impactante que pode ser traduzido como “por que eu usei batom na minha mastectomia”. A obra conta a história verídica da jovem jornalista Geralyn Lucas, que foi diagnosticada com câncer de mama e é interpretada por Sarah Chalke. O filme mostra como Geralyn teve que optar entre a lumpectomia (remoção da parte da mama afetada pelo câncer) e a mastectomia (remoção completa da mama). Durante sua luta contra a doença, a protagonista mantém o otimismo — representado, de forma simbólica, por seu batom vermelho.

Unidas pela Vida (filme)

Com o nome original Decoding Annie Parker, o filme tem uma protagonista (vivida por Helen Hunt) que enfrenta o câncer desde que era “a parente”, e não a pessoa que está doente — a doença resultou na morte de sua mãe e sua irmã. Ao descobrir que também está com câncer de mama, ela luta com todas as forças por sua vida, contando com a ajuda de uma grande aliada: uma pesquisadora de tratamentos para a doença (interpretada por Samantha Morton).

Antes de Partir (filme)

O nome original do filme é The Bucket List, termo que se refere a uma lista de coisas para fazer ou experiências para se ter antes da morte. A obra, com os atores renomados Morgan Freeman e Jack Nicholson, tem uma trama leve, muito divertida e inspiradora. Nela, os personagens iniciam uma amizade improvável: um deles tem câncer e faz um tratamento experimental; o outro é o dono do hospital onde o experimento é realizado.

Uma Chance para Viver (filme)

O filme (Living Proof) é baseado na história real do Dr. Dennis Slamon, vivido por Harry Connick Jr. Ele é um médico que estuda por 12 anos um medicamento para o tratar o câncer de mama, com o objetivo de que fosse uma alternativa à quimioterapia. No entanto, o financiamento para o seu projeto é cortado, e o protagonista precisa superar esse obstáculo para alcançar seu objetivo. A obra aborda os efeitos do tratamento de câncer no humor e o uso de animais enquanto cobaias no desenvolvimento de medicações, dentre outras questões importantes.

Pronta para Amar (filme)

O filme, que originalmente recebeu o nome de A Little Bit of Heaven, trata da história de uma mulher que descobre um câncer retal em fase terminal. Apesar de saber que não tem muito tempo de vida, a personagem, interpretada por Kate Hudson, percebe que amar é mais importante do que permanecer viva ao se apaixonar por seu médico, por quem é correspondida. Sua relação com a mãe e com as amigas também é abordada no filme, que tem um final incrivelmente leve, inusitado e reconfortante.

Já Estou com Saudades (filme)

A obra, que em inglês recebeu o nome de Miss You Already, conta a história de duas amigas de infância cujas vidas seguiram caminhos diferentes. Uma delas, vivida por Catherine Hardwicke, é diagnosticada com a doença e precisa do apoio da amiga, que acaba de ficar grávida. Nesse momento, a forte amizade entre ambas pode ser o suporte necessário para que a protagonista possa enfrentar a doença.

Amanhã Hoje é Ontem (série)

Trata-se de uma série documental, veiculada no YouTube em oito episódios. Nela, a jornalista Daniella Zuppo conta suas experiências, desde a descoberta do câncer de mama até a fase de tratamento. A produção visa conscientizar e disseminar várias informações sobre a doença de maneira sensível e humanizada.

Parenthood (série)

Na quarta temporada da série Parenthood, Kristina (Monica Potter) descobre um câncer de mama depois de ter uma vida quase perfeita com seu esposo. O diagnóstico é feito logo após circunstâncias frustrantes: a demissão de ambos e o nascimento da filha. A série aborda a doença com leveza e toques de humor, chegando a mostrar a personagem se divertindo com as perucas e fazendo boas amizades na quimioterapia. 

Sex and the City (série)

Embora o câncer não seja uma das temáticas centrais dessa série famosa, ela merece ser mencionada. Na última temporada, a personagem Samantha Jones (Kim Cattrall) é diagnosticada com câncer de mama. Ao perder os cabelos com o tratamento, ela se diverte muito com suas perucas. Em uma cena marcante, Samantha faz um discurso sobre a doença e, em certo momento, ela tira a peruca, inspirando as mulheres da plateia a fazer o mesmo.

As 11 obras mencionadas são excelentes opções para se informar mais e entender diferentes pontos de vista sobre o câncer. Para quem convive com ele, seja como portador ou tendo uma pessoa próxima com o diagnóstico, prestigiar essas obras é uma forma de sentir-se representado e reconfortado. Vale lembrar que, justamente por serem obras fictícias (embora algumas sejam baseadas em fatos reais), algumas cenas podem ser exageradas. Além disso, mesmo quando o desfecho não é otimista, é possível aproveitar a mensagem que o filme ou série traz.

Nossa lista de séries e filmes sobre câncer teve o objetivo de trazer obras em que a doença é abordada de forma leve e elucidativa, em algumas das sugestões com boas pitadas de humor. Quer uma dica extra? Comece por “Parenthood”. Depois assista “Antes de Partir” e vá eliminando todos da sua lista como preferir. Agora, é só preparar a pipoca (sem manteiga e com pouco sal) e se acomodar no sofá!

Quer ficar sabendo dos nossos novos posts assim que forem publicados? Então curta nossa página no Facebook para ficar por dentro das novidades!